18 setembro 2012

Resenha: O preço de uma lição

Postado por Carolina Ctfra às 15:25
Título: O preço de uma lição
Autores: Frederico Devito e Guti Mendonça
Editora: Novo Conceito
Ano: 2011
Páginas: 368

Classificação: ★★★★


“Os meninos são, sim, capazes de amar. Tem um ditado que diz que o amor é cego. É justamente o contrário. Quando você ama de verdade, é capaz de ver coisas que ninguém consegue. Falam que você não consegue enxergar os defeitos, pura mentira também! Você vê, estão todos lá. Mas vê também algo que só você pode, como lidar com eles e contorná-los. Então, o amor não é cego, ele é a maior lente de aumento que já inventaram. Como acontece esta coisa chamada amor? Nasce junto com a gente, mas não depende só de nós. A gente sofre e faz sofrer, ama e é amado. E com isso aprende muita coisa. Lições que trazem consequências, problemas e soluções. O preço desse aprendizado transforma o garoto em um homem. Esta narrativa, cheia de incidentes, mostra que – ao contrário do que dizem algumas garotas – os meninos são, sim, capazes de amar. Quais as transformações que o amor pode provocar na gente? O que ele ensina? Qual o seu preço? Acompanhe a jornada de um jovem, transformado pelo amor, à procura dessas respostas.”



O preço de uma lição começa contando a estória de como surgiu à amizade entre um menino que não é revelado o nome (acreditem, durante todo o livro o nome do personagem principal não é citado e por isso vou chamá-lo de Fulano), Manuela, Cláudia e Paulinho . Ao decorrer do livro o garoto cresce e vamos conhecendo um pouco mais sobre sua vida “perfeita”, já que ele mora em São Paulo, tem estabilidade econômica, é modelo, inteligente, popular e consegue conquistar todas as garotas. Ele conta dos conflitos entre amigos, das escolhas erradas, desilusões, do primeiro emprego e do grande amor, sempre com muitos detalhes e expondo os sentimentos do personagem. Depois disso começa a estória principal, que é quando o Fulano (que não época tinha 20 anos) se apaixona por Juliana (de apenas 15 anos) e eles superam a diferença de idade, à distância e o ciúme para ficarem juntos.
Você deseja tudo de melhor para aquela pessoa, você quer se entregar e fazer de tudo por ela e, mesmo que aquilo te custe o maior sofrimento do mundo, acha que é um preço justo para ver a pessoa sorrir, mesmo que por um instante. A impressão que dá é que não cabe tanto sentimento assim em você.”
O único ponto que me desagradou no livro foram os trechos que relatavam alguns relacionamentos anteriores do garoto, já que houve uma grande coincidência e várias meninas chamavam Marcela e por isso às vezes eu me confundia e não sabia quem era quem. Fora isso tudo, para mim, foi ótimo!


No começo estranhei o personagem principal não ter nome, mas depois percebi que os autores queriam mostrar que ele era uma pessoa comum e por isso poderia ser qualquer pessoa. Eles reforçaram isso mostrando cenas do cotidiano e os defeitos do “Fulano” que são comuns nos relacionamentos. Além disso, o livro é cheio de frases que efeito, que fazem você suspirar, morrer de amor e torcer. O final me surpreendeu bastante! É claro que eu esperava descobrir o que a Juliana iria resolver, mas confesso que não fiquei desapontada por não ter sido revelado, afinal ficou bem claro que para o garoto isso não era o principal, já que o que importava era que tinha valido a pena ter conhecido ela. Mesmo já estando satisfeita com o final pesquisei e descobri que “O preço de uma lição 2” já está sendo escrito e eu não vejo a hora do lançamento!

0 comentários:

Postar um comentário

Se gostou do post comente e faça uma blogueira feliz!
Prometo ler e responder todos os comentários.
Obrigada. Beijos!

 

Densidade Feminina Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos