17 outubro 2012

Amor de verdade

Postado por Carolina Ctfra às 14:26
Não acredito em final feliz. Não sonho em ter o homem mais bonito, inteligente, charmoso e atencioso do mundo. Não quero um homem que deixe de ver o futebol ou que deixe de sair com os amigos para ficar comigo. Não espero um homem que me entenda, que me mande mensagens de madrugada e que lembre da primeira vez que ficamos. Não espero um homem que seja indiferente a minha mania de escrever sobre tudo ou que aceite o meu jeito perfeccionista. Não quero um homem que me ache perfeita e que não ligue para minha TPM.

Não espero encontrar o amor da minha vida exatamente enquanto o sol se põe. Não espero que o amor da minha vida desista de uma viagem de negócios para ir atrás de mim. Não espero acordar no meio da noite com barulho de pedrinhas batendo na minha janela. Não acredito que vamos ter uma música de fundo cada vez que nos encontrarmos. Não espero receber declarações de amor perfeitas em todos os lugares. Não acredito que o canalha da escola possa se apaixonar pela menina tímida e mudar radicalmente do dia para a noite. Não acredito que um homem desista de pegar um avião, atravesse a cidade na chuva apenas para me beijar. Aliás, beijos na chuva são típicos de filmes.

Não acredito e não espero nada disso, afinal essas estórias só acontecem nas comédias românticas e elas só duram 90 minutos. Então espero que a minha estória seja completamente diferente. Quero que o homem da minha vida saia sexta com os amigos, que se esqueça de me mandar mensagens de boa noite e que não abra a porta do carro. Quero que ele fique impaciente com minha TPM, mas que compreenda e me ajude nesse período. Quero que ele saiba o momento certo de me abraçar, mas que respeite quando eu preciso ficar sozinha ou sair com as amigas. Quero um homem que aceite o meu orgulho e entenda que eu sempre vou me amar acima de tudo. Quero um homem cheio de defeitos, mas que também aceite os meus. Quero um homem todo errado, mas que seja o certo para mim. Quero um homem para me acertar, acertar a minha vida, mas, principalmente, acertar o meu coração. Afinal, histórias perfeitas só existem na Disney e, cá entre nós, eu estou longe de ser uma princesa.  Por isso eu espero um homem cheio de problemas e um amor complicado, mas que não seja uma história de amor inventado, que seja um amor de verdade. Que seja a minha história de amor!

0 comentários:

Postar um comentário

Se gostou do post comente e faça uma blogueira feliz!
Prometo ler e responder todos os comentários.
Obrigada. Beijos!

 

Densidade Feminina Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos