23 janeiro 2013

Resenha: Tudo o Que Ela Sempre Quis - Barbara Freethy

Postado por Carolina Ctfra às 14:29

Título: Tudo o Que Ela Sempre Quis
Autora: Barbara Freethy
Editora: Novo Conceito
Páginas: 304
Classificação:★★★★★


Emily era uma garota sensível, engraçada e tinha sérios problemas de saúde e, por isso, os pais eram super protetores e queriam estar sempre por perto. Dessa forma, ela via na faculdade uma oportunidade de viver uma vida livre e poder tomar suas próprias decisões. Laura acredita que nunca vai ser tão bonita e esperta quanto suas irmãs e, por isso, se tornou uma mulher muito insegura e que viu na faculdade uma possibilidade de mostrar para a família que também é muito inteligente. Natalie é inteligente, determinada e que queria fugir do passado, já que na infância tinha perdido o pai e tinha visto sua mãe se transformar em uma alcoólatra. Já Madison é o contrario de Laura, pois ela é confiante, bonita, persistente e consegue atrair todos os homens que deseja. Essas garotas se conheceram na faculdade e logo se tornaram amigas, formando assim as “Quatro Fantásticas”. Porém, em certa festa da fraternidade, Emily cai da cobertura e morre. Após a investigação a polícia diz que foi um acidente, mas cada uma das meninas esconde um segredo e se sentem culpadas por não terem protegido Emily e por isso elas se separam e acabam perdendo contato.

Dez anos depois o livro Fallen Angel é lançado e se torna um Best seller. Ele conta a estória das “Quatro fantásticas” e acusa uma das garotas de terem matado Emily. Apesar de ter mudado os nomes dos personagens e de caracterizar a obra como ficção as pessoas começam a reconhecer a estória e, por isso, a vida e a carreira de Natalie, Madison e Laura ficam ameaçadas. Dessa forma, Cole, irmão de Emily e por quem Natalie fora apaixonada, passa a investigar a identidade do autor do livro e o que realmente aconteceu com Emily, e assim todos acabam se reencontrando. Cole é jornalista, mulherengo e que não consegue falar sobre sentimentos, porém quando ele e Natalie se reaproximam e o amor reaparece, porém primeiro eles terão que superar os fantasmas do passado para depois pensarem no futuro.

Emily teria mesmo sido assassinada? Quem é o autor do livro? Como ele teve acesso aos detalhes da vida das “Quatro Fantásticas”? Natalie realmente é culpada? A única maneira das meninas descobrirem realmente a verdade é achando o autor de Fallen Angel e para você descobrir o desfecho dessa estória terá que ler Tudo o Que Ela sempre Quis.
“Em pouco tempo, Emily tinha apelidado as meninas de Quatro Fantásticas. Era o ínicio de uma amizade que deveria durar para sempre. Só durou um ano e meio.” (Pág. 25)

Nenhum personagem sabe realmente o que aconteceu com Emily, por isso o leitor é informado dos fatos conforme eles vão relembrando determinado acontecimento. Dessa forma, todas as pistas aparecem fragmentadas e nem sempre são verdadeiras, por isso, durante a investigação, todos viram suspeitos e cabe ao leitor compreender corretamente as pistas e ter paciência para aguardar o desfecho que irá te surpreender e mostrar que você estava completamente errado!

Tudo o que ela sempre quis era para ser um livro de suspense, e, apesar de apresentar ação, mistério e uma pitada de drama, o que predomina é o romance. A autora fez um ótimo trabalho, pois a narrativa e perfeita, os personagens são bem construídos e os conflitos abordados na trama são realistas e alguns temas polêmicos como, por exemplo, o alcoolismo é tratado com naturalidade. Além disso, Barbara Freethy soube criar o mistério do livro, pois ela explica muito bem a morte de Emily absolvendo e/ou condenando os personagens e a autora não deixa nenhuma “ponta solta”, pois ela tem uma justificativa plausível para todos os acontecimentos, fazendo com que o desfecho seja satisfatório.

Quando eu li a sinopse desse livro eu achei a idéia incrível e associei a estória a série Pretty Little Liars, por isso esperava realmente muito suspense e quando percebi que o livro iria apresentar muitas partes de puro romance acabei me decepcionado um pouco. Porém logo no inicio o mistério e a leitura rápida me conquistaram e eu passei a torcer para o Cole deixar de ser bobo e ficar logo com a Natalie e fiquei desesperada para saber o que tinha acontecido com a Emily. Só eu fiquei surpresa com tantas semelhanças entre o livro e PLL? Além da idéia principal das amigas separadas depois da morte de uma do grupo, as semelhanças são muitas, como: o fato de uma das garotas ter ido para Europa após o acidente (na série é Aria, já no livro é Madison), o fato de Dylan – amigo de Cole – ter um “santuário” para Emily (cheio de fotos e recordações, assim como o esconderijo da - A) e o fato de ter um diário que fala sobre a vida e os segredos de várias pessoas.

As pessoas que não lêem resenhas e nem a sinopse antes de comprar um livro com certeza não vão colocar Tudo o que ela sempre quis como prioridade na lista de leitura, pois apesar da capa ser bonita ela não chama atenção e a primeira impressão que ela passa é que o livro é aquela romance “água com açúcar” que nada acontece. Porém, quando lemos a sinopse a nossa curiosidade “fala mais alto” e fica quase impossível não comprar o livro. Além disso, se deixarmos a primeira impressão de lado e analisarmos a capa vamos perceber que a essência dela transmite um pouco da estória, afinal a garota correndo na praia transmite a sensação de liberdade e, no livro, de certa forma, todos os personagens tentam se libertar de alguma coisa seja da família, do passado ou do trabalho.
"Ela deu uma última olhada em sua casa de infância e soube que nunca mais voltaria. Tinha enterrado um fantasma. Era hora de se livrar dos outros"
Enfim, se você está procurando um romance polícial leve e/ou um romance eu indico Tudo o que ela sempre quis.

Ebook disponível na biblioteca

8 comentários:

Ana Clara Rezende on 26 de janeiro de 2013 06:13 disse... [Responder comentário]

Concordo com o que vc falou da sinopse, é muito chamativo mesmo, eu fiquei vibrando aqui quando li a sinopse, agora to doida pra comprar, até vou colocar na minha listinha do skoob. Pena que depois fica com essa parte de muito romance pois a parte do mistério estava muito interessante.
Bjos
http://bibliotecavirtu.blogspot.com.br/

Menina D. on 26 de janeiro de 2013 10:45 disse... [Responder comentário]

Ana Clara Rezende Esse fato prejudica o livro, mas o romance, o suspense, a ação e até o drama são ótimos,por isso vale a pena ler.
Ana Clara, obrigada pela indicação do selinho, pretendo fazer embreve!
Beijos

Ceile on 26 de janeiro de 2013 12:17 disse... [Responder comentário]

Quando vi a sinopse, também pensei em algo bem PLL mesmo.

Que bom que vc curtiu bastante o livro, eu não tinha muitas expectativas pra falar bem a verdade.

Eu adoro romances, então fico feliz em saber que este livro pende pra esse lado rs.

Beijo!

Menina D. on 26 de janeiro de 2013 12:35 disse... [Responder comentário]

Ceile Pois é, parece suspense mas está mais para romance, e já que você gosta desse gênero acredito que não irá se arrepender.
Obrigada pelo comentário!!
Beijos.

Gata Autora on 27 de janeiro de 2013 19:36 disse... [Responder comentário]

Quero esse livro...
Deixei um selinho para você em meu blog!
Karol,
http://heykarol.blogspot.com.br/2013/01/outros-memesselinhos_28.html

Menina D. on 27 de janeiro de 2013 20:44 disse... [Responder comentário]

Gata Autora Leia mesmo, pois acredito que você não irá se arrepender.
Eu já tinha recebido esse selinho, então vou acrescentar o seu nome na indicação, e muito obrigada pelo carinho!! Beijos.

Monique Químbely on 29 de janeiro de 2013 10:46 disse... [Responder comentário]

Olá!
Quero muito ler esse livro, justamente por conta da mistura de suspense com romance.
E a capa me pareceu de uma história 'estilo Nicholas Sparks', mas a sinopse me surpreendeu; e agora é desejado o livro :D
Gostei de sua resenha!
Bjss
@moniqueQuimbely

Menina D. on 29 de janeiro de 2013 13:02 disse... [Responder comentário]

Monique Qu�mbely A sinopse realmente é muito boa, pois desperta a curiosidade do leitor. Leia mesmo, pois acredito que você não irá se arrepender.
Fico feliz em saber que você gostou da resenha e muito obrigada pelo comentário!!
Beijos.

Postar um comentário

Se gostou do post comente e faça uma blogueira feliz!
Prometo ler e responder todos os comentários.
Obrigada. Beijos!

 

Densidade Feminina Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos